Os beneficiários do Bolsa Família que moram em Salvador, e que ainda não foram a um dos 140 postos da rede básica para o acompanhamento obrigatório de saúde, têm até segunda-feira (30) para regularizar a situação.

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS), o não cumprimento do procedimento pode gerar desde advertências até o bloqueio ou a suspensão do recebimento do benefício.

Ainda de acordo com a SMS, apenas 52% dos 229 mil beneficiários que residem no município compareceram às unidades de saúde até o momento. Faltam cerca de 118 mil beneficiários.

Nesta terça (24) e na quarta-feira (25), as unidades básicas estarão fechadas. Os atendimentos serão retomados na quinta-feira (26).


Devem comparecer aos postos as famílias que possuem dentre seus dependentes crianças menores de sete anos, mulheres em idade fértil (14 e 44 anos) e gestantes de qualquer idade.

Os beneficiários devem levar o cartão do Bolsa Família onde consta o Número de Identificação Social (NIS), a caderneta de vacinação das crianças e a caderneta do pré-natal das gestantes.


Fonte: G1

COMPARTILHE