“Foi muito bonito jogar no Real Madrid, nos próximos dias darei uma resposta aos torcedores, estes sim que sempre estiveram ao meu lado”, disse, ao microfone da Bein Sports.

Já o presidente merengue, Florentino Pérez, não deixou clara a situação de CR7, mas ressaltou a importância do título. “Minha relação com Cristiano é boa. Todo mundo tem o direito de falar. Aqui, o importante é o clube. O mais importante é que celebremos esta Champions”, afirmou.

O lateral-esquerdo Marcelo não crê na despedida do camisa 7 merengue. “Acredito que fica. Mas no momento acredito que ele está feliz como eu com o título. Isso não sou eu que decido, mas acredito que ele fica”.

Ainda dentro do gramado, Cristiano Ronaldo falou sobre a satisfação com mais um título. “Estou muito feliz. Queremos entrar na história, estamos na na história. É um momento em que todos de parabéns. Agora é desfrutar deste momento de trajetória única”, declarou.

“É sempre muito difícil, mas prevaleceu o espírito de equipe. Somos os melhores da Europa e do mundo. Não é fácil vencer três vezes seguida. Foram quatro títulos em cinco anos. O que podemos dizer mais?”, afirmou.

“Quem foi o melhor marcador desta Liga dos Campeões? Quem tem mais campeões, mais gols?”, Disse Ronaldo, quando perguntado se estava triste por não marcar na final.

Com informações do ESPN