O clássico entre Benfica e Sporting, pela Taça de Portugal de futebol feminino, ficou marcado na história do futebol mundial. O jogo, disputado no Estádio da Luz, foi palco do primeiro cartão branco do esporte, mostrado pela árbitra Catarina Branco. Mas, afinal, o que é essa sinalização?

Diferente dos cartões amarelo e vermelho, o branco não tem como objetivo punir atletas ou membros da comissão técnica. Ao contrário: ele surgiu para reconhecer o fair play.

O cartão branco apareceu no fim da primeira etapa, quando médicos das duas equipes socorreram rapidamente um homem que passou mal e desmaiou nas arquibancadas. Os profissionais da saúde envolvidos no caso também foram homenageados pelos torcedores no estádio, que ficaram de pé e aplaudiram.

O cartão branco foi aprovado em 2018 pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), e pode ser mostrado para jogadores, treinadores, dirigentes ou a qualquer um envolvido na partida. Ele serve para apoiar o fair play, que engloba o jogo limpo e as boas atitudes em uma partida, tanto dentro quanto fora de campo. A iniciativa é do Plano Nacional de Ética no Desporto de Portugal.

Mais de 15 mil torcedores estiveram presentes no Estádio da Luz no último sábado (21) para acompanhar a vitória do Benfica por 5×0 em cima do Sporting. 

Siga-nos no Instagram e acompanhe as notícias no Google News – Participe do nosso grupo no WhatsApp