O brasileiro Diego Máximo, morador da cidade de Cascavel, no Paraná, já foi a 37 shows da cantora Anitta e se autointitula o fã número um da artista. Recentemente, ele precisou se virar para conseguir pagar uma dívida gerada pela compra de um ingresso. A solução? Vendeu todas as portas de casa. 

“Esqueci de parcelar a compra do ingresso e precisei dessa solução para quitar o que eu estava devendo. Meu apartamento continua sem portas em todos os cômodos”, explicou o fã de Anitta, segundo O Globo. 

A dívida acumulada foi para assistir ao show da cantora no Rock In Rio Lisboa, realizado neste domingo (26). “Sempre dou um jeito de pagar. Vim a Portugal só para ver esse show. Comprei o ingresso em 2020! Na primeira vez que vi Anitta, larguei meu pai internado no hospital. Para mim, isso não é custo. É investimento. Saio daqui com uma energia vibrante. É algo fantástico!”, completou Máximo. 

Em Portugal, a cantora é um fenômeno popular. As músicas estão entre as mais tocadas nas rádios, e o estilo da cantora e de suas bailarinas passou a ser reproduzido nas ruas entre os jovens, com maquiagens coloridas, shorts curtos e tops com tecido rasgado.

Um “Anitter sem vergonha”, Rafael Camargo, de 22 anos, chegou cedo ao evento para conseguir um lugar próximo à grade e ver a funkeira de pertinho. Aliás, todas as pessoas à beira do palco são fãs de Anitta. Não à toa, a organização do evento colocava as músicas da cantora para ir “esquentando” o público. 

Fonte: BP Money