Diante da atual situação pandêmica do país, o governo vem tentando implementar medidas e programas no auxílio do cidadão, frente aos impactos da covid-19. Além de benefícios já disponibilizados pelo Caixa Tem, como o auxílio emergencial e o Programa BEm, pode haver a liberação de empréstimos de até R$ 5.000. 

Vale lembrar, que estes empréstimos ainda estão em fase de finalização, sendo necessário definir questões para a liberação destes, portanto, ainda não é possível solicitá-los. O desenvolvimento da concessão desses microcréditos é fruto de uma parceria entre a Caixa e o Governo Federal. 

Empréstimos de até R$ 5 mil pelo Caixa Tem

Os empréstimos irão funcionar de forma em que os valores irão variar de R$1.500 a R $5.000 via Caixa Tem. Isto porque a quantia liberada vai depender da renda familiar do solicitante. 

Sendo assim, será realizada uma análise de crédito para determinar qual é a renda que corresponde ao cidadão que deseja o empréstimo, para assim estipular de forma correta o valor proporcional.

Segundo a previsão da Caixa, a medida deve contar com um orçamento de R$10 milhões, todavia, é possível que esse valor alcance R $25 milhões, dependendo da demanda pelos empréstimos. Contudo, ainda não há uma data exata para liberação dos microcréditos, sendo só possível provavelmente ao fim dos pagamentos do Auxílio Emergencial.

Vantagens Caixa Tem 

O aplicativo da caixa já vem se estabilizando como o principal meio de pagamentos de benefícios do governo, já sendo responsável  pela distribuição do Auxílio Emergencial, Bolsa Família, FGTS e o programa BEm. 

O Caixa Tem, conta uma poupança Digital, na qual é possível realizar saques, transferências, pagamento de boletos bancários e compras pela internet ou diretamente com comerciante através de um Qr code gerado nas maquininhas de cartão. Além disso, oferece serviços de microcréditos, seguro de vida, cartão de débito virtual e as funcionalidades do PIX.

Cabe salientar que a poupança digital é uma conta gratuita criada automaticamente pela caixa a partir do acesso ao Caixa Tem. Para se cadastrar no Caixa Tem basta baixar o aplicativo, disponível para quase todos os aparelhos celulares, informar seu CPF e criar uma senha numérica. 

Conteúdo por Lucas Machado / Jornal Contábil