Duas fábricas clandestinas de espadas foram desmontadas no sábado (3), na zona rural do município de Cruz das Almas. Cerca de 1.300 artefatos explosivos foram encontrados por equipes da 27ª CIPM. Pólvora, entre outros materiais para produção dos fogos também acabaram apreendidos.

Segundo o comandante da unidade, major Alexsandro Messias, os policiais faziam rondas na localidade de Tuá, quando visualizaram homens testando espadas. 

Em dois imóveis, situados na mesma região, foram apreendidas 1.254 espadas, 200 quilos de pólvora, duas motocicletas, tubos, entre outros materiais usados na produção dos ilícitos.

“Parte da pólvora foi incinerada no local devido o risco e a impossibilidade de transporte nas viaturas”, completou o comandante.

Fonte: SSP