O Acorda Cidade ouviu, na tarde deste domingo (9), o irmão de Elisângela Santos Oliveira Conceição que sofreu uma tentativa de feminicídio na noite sábado (8) no apartamento onde mora, localizado no condomínio Parque Viver Stylo, no bairro Conceição, em Feira de Santana. Ela foi ferida com vários golpes de faca e o esposo dela, Jeremias Souza da Conceição, é acusado do crime. Jeremias é operador de vídeo e motorista da TV Subaé, afiliada a Rede Bahia, e a empresa emitiu uma nota repudiando o crime (Leia no final da matéria).

Apartamento ficou todo revirado e com muitas manchas de sangue no chão, paredes e cama

Ao Acorda Cidade, Anailson Santos Oliveira, disse que a irmã contou com detalhes como tudo aconteceu, e que ele tentou atear fogo na vítima.

“No decorrer do sábado à tarde Jeremias passou na casa do meu pai, onde tem um estabelecimento comercial onde Elisângela trabalha, uma distribuidora, brincou com todo mundo, e falou que queria falar com ela. Neste instante levou minha irmã (a vítima) e o filho. Chegando ao apartamento, ele mandou o menino descer para pegar a carteira e o celular no carro. Quando o filho desceu ele trancou a porta da frente e minha irmã estava na sala. Aí ele começou a perguntar a minha irmã quem era o outro homem que minha irmã tinha. Minha irmã ficou afirmando que não tinha ninguém, que não existia nada disso. Ele não acreditando pegou o álcool e jogou em minha irmã, para tocar fogo nela, e acendeu o isqueiro. Quando ele acendeu o isqueiro, ela com a almofada conseguiu apagar na primeira vez, na segunda vez ele ligou o isqueiro novamente e ela conseguiu apagar. O álcool caiu no chão, e ele começou a agredir ela com soco para imobilizá-la, neste instante ele escorregou no álcool que tinha se espalhado pelo chão e caiu. Ele se levantou, pegou a faca e começou a esfaquear a minha irmã. E aí meu sobrinho começou a gritar desesperado, socorro, mainha, mainha, mainha e meu irmão que mora no bloco vizinho tinha chegado no momento e invadiu. A porta estava escorada no sofá. Meu irmão conseguiu imobilizar ele, impediu que a população o linchasse. E aconteceu essa tragédia toda”, relatou.

Estado de saúde e separação

Anailson disse que a irmã está bem, consciente, fez tomografia e está em observação por conta das pancadas que sofreu na cabeça.

“Graças a Deus, ela está fora de perigo. E está em observação por causa das dores de cabeça. Foram 15 facadas. Estávamos sabendo que estavam nestes trâmites de separação, não estava mais dando certo. A relação deles já estava esfriada e já estava previsto para eles se separarem realmente. Já estavam separados de corpos e ele não estava aceitando isso”, contou.

Anailson disse também que a família teme a saída dele da prisão.

“Ele sempre foi um cara que conversava de boa, mas quando se irritava ficava um pouco descontrolado. Por segurança nossa e principalmente da nossa irmã, não queremos que ele saia na audiência de custódia. Com 15 facadas e ateando fogo dentro do apartamento, com certeza ele poderá fazer algo”, concluiu.

Jeremias foi preso em flagrante pela Polícia Militar no condomínio e está custodiado no Complexo de Delegacias, no bairro Sobradinho, aguardando audiência de custódia.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade