Uma confusão na porta do Hospital da Chapada, em Itaberaba, impediu a vacinação de profissionais de saúde da unidade, prevista para acontecer nesta quinta-feira (21).

O diretor do HC Nadson Pedreira e a gerente da Vigilância em Saúde do município Aline Barros Negrão Oliveira bateram boca na frente do hospital. Ele impediu o acesso da equipe à unidade, alegando que apenas uma parte dos funcionários constavam numa lista para serem vacinados.

Foto: Reprodução Redes Sociais

Em comunicado nas redes sociais, o HC justificou a atitude do diretor: “Não somos contra a vacina para todos. Mas exigimos que a lei seja cumprida. Não é justo que funcionários administrativos de outras unidades do município postem nas redes sociais a sua vacinação e os funcionários do HC não possam ser vacinados. Não diferenciamos um rico de um pobre, um médico de um funcionário da lavanderia”, diz um trecho da nota.

A Prefeitura também se pronunciou por meio de nota na conta oficial do Instagram. O município informou que foram destinadas à unidade 84 doses do imunizante que, segundo o comunicado, foram solicitadas pela própria administração do hospital através de uma lista enviada para a Secretária de Saúde.

“Para assegurar a imunização desses profissionais, a Prefeitura, mais uma vez, vai disponibilizar os imunizantes para todas as pessoas que integram a lista enviada pelo hospital”, afirma uma parte do comunicado.

A pasta informou que os funcionários que estiveram na lista poderão ser vacinados na Unidade de Saúde da Família do Centro da cidade, hoje,a partir das 8 horas.

Veja o vídeo publicado pelo site Jornal da Chapada:

Fonte: Varela Notícias