O acusado de espancar um cachorro em Itaberaba, no Piemonte do Paraguaçu, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. O homem, identificado como Nivaldo Jesus San tana, golpeou o animal pelo menos oito vezes. Imagens de uma câmera de segurança registraram o crime no dia 14 de junho (ver aqui).

Segundo a TV São Francisco, a prisão preventiva foi publicada nesta segunda-feira (19) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) após decisão do juiz Sidival Santos Souza. Segundo a delegacia de Itaberaba, Nivaldo ainda não se apresentou à polícia, mesmo com a decisão. A defesa do agressor informou que irá recorrer da sentença.

Alega que o fato não foi aleatório, mas em reação a dois acontecimentos. Conforme relato, o suspeito disse que o mesmo cachorro mordeu o filho dele e no dia do ocorrido, o animal ainda teria mordido o próprio Nivaldo em cinco partes do corpo diferentes.

ESTADO DE SAÚDE

Nesta quarta-feira (21), o cachorro deve ser levado para Salvador para uma consulta com um neurologista. A veterinária Anne Raphaelle Flick, que passou a cuidar do animal após a agressão, informou que o cão deve fazer uma tomografia.

O último boletim médico apontava traumatismo crânio encefálico, politraumatismo, além de alterações metabólicas. Ele também foi diagnosticado com a doença contagiosa cinomose. 

Por Bahia Notícias

Siga-nos no Instagram e acompanhe as notícias no Google News – Participe do nosso grupo no WhatsApp