Uma mulher foi encontrada morta de dentro de casa em Américo Brasiliense (SP) na noite de domingo (21). A vítima foi identificada como Mayda Elizama Gonzaga Jorge Xavier, de 31 anos. As informações são do g1.

O caso foi registrado como feminicídio e, segundo a polícia, o principal suspeito é o companheiro da mulher que foi preso na segunda-feira (22), no Mato Grosso do Sul (MS). Documentos dele foram encontrados no local do crime, além de um revólver calibre 38, cinco munições de 38 e uma de 32, que estavam intactas.

Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por volta das 21h para atender uma ocorrência de homicídio na Rua Eduardo Polo Randes, no Jardim Santa Terezinha.

De acordo com a polícia, testemunhas contaram que Mayda e o namorado estariam em uma festa em Ibaté (SP), no sábado (20). Após o evento, os convidados sentiram falta da mulher e começaram a procurá-la na cidade e pelas redes sociais.

A mulher foi encontrada sem vida pelo filho do companheiro na casa do suspeito. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e constatou a morte da mulher.

A perícia também foi acionada. De acordo com a Funerária Sinsef, a vítima tinha um afundamento frontal na cabeça.

O corpo de Mayda foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Araraquara (SP) na manhã de segunda-feira.

Segundo o Site VR 14, que cobre o Território da Bacia do Jacuípe da Bahia onde está inserido o município de Pintadas, Mayda era mais uma das centenas ou quem sabe milhares de pintadenses que encontraram a cidade de Américo Brasiliense como alternativa para buscar melhores condições para viver.

O Calila Notícias não obteve informações sobre o local do sepultamento.

Fonte: g1 São Carlos e região