Quem precisa de dinheiro rápido para alavancar um negócio pode recorrer ao Crédito Caixa Tem voltado ao empreendedorismo popular e formalização de pequenas empresas. Os limites podem chegar a R$ 1 mil no caso de pessoa física e até R$ 3 mil no caso de pessoa jurídica.

Com o nome de Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital), a iniciativa do governo é ajudar aqueles que realizam alguma atividade profissional, incluindo quem já atua na modalidade de Microempreendedor Individual (MEI).

Os recursos devem ser destinados ao pagamento de fornecedores, salário de funcionários/ajudantes, compra de matéria-prima, mercadorias para revenda, contas luz, água, aluguel, dentre outras despesas. Atenção: o dinheiro não deve ser destinado para gastos pessoais.

Taxas de juros, prazo de pagamento e solicitação

Confira o que cada grupo de empreendedores terá que pagar caso decidam pelo novo Crédito da Caixa:

Para pessoa física

  • Limite do crédito: até R$ 1 mil
  • Taxa de juros: a partir de 1,95% ao mês
  • Prazo para pagamento: até 24 meses
  • Solicitação: aplicativo Caixa Tem

Para quem é MEI

  • Limite do crédito: até R$ 3 mil
  • Taxa de juros: a partir de 1,99% ao mês
  • Prazo para pagamento: até 24 meses
  • Condição: o solicitante precisa ter atuado por pelo menos 12 meses na categoria de microempreendedor e ter recebido faturamento anual de até R$ 81 mil.
  • Solicitação: de forma presencial em qualquer agência da Caixa.

Mas, afinal, negativados podem solicitar?

A resposta é sim! O empréstimo Caixa pelo SIM Digital está disponível mesmo para quem está com o nome sujo, ou seja, com restrições em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e Serasa. A regra se aplica tanto para pessoas físicas como para quem atua como MEI.

Fonte: https://editalconcursosbrasil.com.br