A grande maioria dos trabalhadores que atualmente mantém uma conta no Caixa Tem está recebendo uma boa quantia em dinheiro, pois a Caixa Econômica Federal está depositado o novo saque extraordinário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

E não é só isso! Será por meio da Conta Poupança Digital do Caixa Tem que os usuários poderão receber os valores do Auxílio gás, o abono salarial PIS/Pasep, Auxílio Brasil, bem como o FGTS extraordinário.

Em relação a liberação dos recursos, podemos adiantar que está acontecendo para os trabalhadores que estão com saldo disponível em suas contas ativas (do trabalho atual) e inativas (de trabalhos antigos) do Fundo de Garantia. Mas independentemente do quanto esteja ali, ressaltamos que o valor máximo do saque é de até mil reais.

Devemos destacar também que o trabalhador que não deseja sacar o valor liberado precisa se manifestar no aplicativo Caixa Tem. O prazo para a negativa vai até o dia 10 de novembro. Contudo já foi divulgado que se os valores não forem movimentados até o dia 15 de dezembro, todos irão retornar devidamente corrigidos ao FGTS.

Quanto aos trabalhadores que não tem uma conta no Caixa Tem, é sabido que eles podem baixar o aplicativo e realizar o cadastro de forma rápida, porém é válido mencionar que a própria Caixa irá abrir uma conta no nome do cidadão beneficiado para que os depósitos do saque extraordinário sejam realizados.

Ademais, lembramos que é por meio do aplicativo Caixa Tem que o trabalhador conseguirá movimentar os valores de forma prática, sendo possível realizar transações via PIX, fazer algumas compras online, pagamento de boletos e contas. E essas são só algumas das muitas outras funcionalidades que ele dispõe.

Quando o dinheiro do FGTS pode ser sacado?

Conforme divulgado no calendário, os saques continuarão sendo liberados até o dia 15 de junho, porém todos os grupos ainda poderão realizar o saque até o mês de dezembro, segundo as informações divulgadas pelo Governo Federal.

Cronograma da liberação para os nascidos em cada mês:

  • Janeiro: 20 de abril;
  • Fevereiro: 30 de abril;
  • Março: 04 de maio;
  • Abril: 11 de maio;
  • Maio: 14 de maio;
  • Junho: 18 de maio;
  • Julho: 21 de maio;
  • Agosto: 25 de maio;
  • Setembro: 28 de maio;
  • Outubro: 1º de junho;
  • Novembro: 08 de junho;
  • Dezembro: 15 de junho.

É importante deixar claro que não há obrigatoriedade nos saques do FGTS, mas caso os trabalhadores não queiram aproveitar a oportunidade, só poderão realizar o saque novamente em situações muito específicas.

Canais de atendimento

Em caso de dúvidas, o trabalhador terá os seguintes canais de atendimento:

Aplicativo do FGTS e agências da Caixa Econômica Federal

Por meio desses canais, você poderá consultar a essas informações:

  • Valor a ser creditado;
  • Data de crédito na Conta Poupança Social Digital;
  • Solicitar o retorno do valor;
  • Realizar alterações cadastrais;
  • Informar que não deseja receber o valor do crédito.

Site fgts.caixa.gov.br

Você poderá ter acesso aos seguintes recursos no site:

  • Realização da consulta para saber se tem direito;
  • Consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital.

Fonte: Edital Concursos Brasil