Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, Proteste, divulgou dicas para evitar golpes com o cartão de crédito. De acordo com Henrique Lian, diretor de relações institucionais e Mídia da Proteste, é importante que as pessoas estejam sempre atentas com o manuseio do cartão.

“As fraudes mais comuns acontecem quando o consumidor entrega o cartão de crédito na mão de um comerciante mal intencionado e deixa de prestar atenção nas ações do golpista. Nesse momento é preciso ficar atento à localização do cartão, evitando que haja uma troca, e no valor na maquininha, impedindo que seja cobrado um valor errado”, afirma Lian.

É recomendável que o consumidor fique atento ao que está sendo feito com o cartão. Comerciantes mal intencionados podem trocar o cartão do cliente por outro semelhante na hora da devolução. O golpista pode ainda memorizar os números digitados e, de posse do cartão verdadeiro, efetuar compras. Para evitar casos assim, além de muita atenção, vale a pena colocar algum tipo de adesivo no seu cartão para “personalizá-lo” e conseguir identificá-lo com mais facilidade.

Valor errado na maquininha

Outro golpe muito praticado é o de registrar um valor na maquininha diferente do verdadeiro. Na maior parte das vezes em que isso ocorre, o golpista insere um número semelhante visualmente ao valor cobrado. Por exemplo: o consumidor comprou algo de R$ 10 e o golpista insere mais um zero, passando o valor para R 100. Na pressa de pagar a compra, o consumidor não percebe o erro e autoriza o pagamento. É fundamental ficar atento aos valores inseridos na máquina. Especialmente se for um cartão de crédito de contato, em que não é necessário o uso da senha para autorizar a compra.

Código de Segurança

Uma dica valiosa para evitar golpes é apagar o número do código de segurança do cartão (numeral de 3 dígitos que fica na parte de trás do cartão). Sem ele é impossível fazer qualquer compra via internet. Dessa forma você dificulta a ação dos golpistas. Essa dica é especialmente útil no caso de perda ou roubo do cartão e quando há demora para realizar seu cancelamento. Mas não esqueça de decorar ou anotar o código em local seguro, para que você não tenha problemas depois ao fazer compras pela internet. E lembre-se: não adianta apenas colocar um adesivo por cima. É preciso apagar o código, o que é bem fácil de ser feito.

Aplicativo

Vale a pena ter o aplicativo do cartão de crédito instalado no seu celular. Assim, é possível ver em tempo real, todas as compras que estão sendo feitas com o seu cartão. E também acionar rapidamente a operadora do cartão de crédito e o banco caso algo pareça suspeito.

Fonte: UOL