O sonho de se tornar o mais parecido possível com o boneco Ken, que faz parte do mundo da Barbie, ficou para trás. Agora, o estudante Felipe Máximo Dias de Oliveira, de 18 anos, deixou a ideia de se submeter a 42 procedimentos estéticos para trabalhar como ajudante de pedreiro em sua cidade natal, Peruíbe, no interior de São Paulo.

Felipe carregava consigo o sonho de ser um “Ken humano” desde muito pequeno. Como era menor de idade e não podia fazer os procedimentos estéticos, o jovem invista em camadas de maquiagem e roupas similares a do boneco. Por enquanto, ele continuará utilizando os pincéis para se caracterizar no ex-namorado da Barbie, mas nada de transformações no corpo.

Passando por problemas financeiras e precisando pagar o aluguel da casa onde mora sozinho, Felipe decidiu agarrar a oportunidade de emprego oferecida pelo seu tio e o padrasto, que trabalham em obras. Antes, ele não saia de casa se não estivesse maquiado. No canteiro de obras, no entanto, a realidade é outra. Sob o sol, ele carrega blocos que ajudam a dar forma a residências.

“Com toda a dificuldade para trabalhar e precisando urgentemente de emprego acabei aproveitando a oportunidade que eles me deram. Já tinha uma leve experiência [na função] então deu certinho […] Não só tenho orgulho do meu trabalho, mas também gosto de estar na obra, na construção civil”, disse Felipe em entrevista ao G1.

Fonte: Bnews