Um vídeo de homem portando uma uma escopeta enquanto caminhava pela rua repercutiu nas redes sociais nesta terça-feira (27). No registro, publicado pelo cartunista Maurício Ricardo, o indivíduo aparece lambendo uma arma e também proferindo ataques contra os demais poderes da República.

“Estamos na luta aí, Bolsonaro. Vou mandar um recado para você. Recado não, é uma ordem que eu estou te dando: quando você colocar a faixa de vencedor das eleições você vai dar um golpe no Congresso e no Supremo”, dispara o acusado, portando outra arma na cintura.

Indentificado como José Sabatini, o homem é empresário da cidade de Artur Nogueira, no interior do estado. Ele já teve um revólver e uma espingarda calibre 12 apreendidas pela polícia em 2021, após ameaças gravadas em vídeo contra o ex-presidente e candidato ao Palácio do Planalto, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Na gravação em questão ele mira em em alvos pendurados em uma trave de futebol, atira na direção deles e afirma que Lula iria “ter problema”. Nestem episódio ele ainda xinga o petista de “filho da puta” e “vagabundo”.

Na época, apesar do armamento ser registrado, as autoridades policiais tomaram tal decisão após apurar uma série de boletins de ocorrência contra o empresário.

Uma audiência de conciliação foi marcada no mês passado entre as partes envolvidas para resolver o caso. Os representantes do ex-presidente pediam R$ 50 mil de danos morais e argumentavam que isso causaria um efeito pedagógico, a fim de reprimir atitudes semelhantes.

Fonte: Bahia Notícias